Bajiquan

Bajiquan ou a forma dos oito extremos é também conhecido como porta-de-entrada dos oito extremos, que é uma das tradicionais escolas Chinesas de boxe. Bajiquan é conhecido pela sua força completa, simplicidade e técnicas de combate. De acordo com os provérbios de Wushu: "Para ministros, Taijiquan é usado para governar o país, e para Generais, Bajiquan é usado para defender o país." A partir disso podemos ver que o Bajiquan tem uma posição significativa entre várias escolas de Boxe Chinês. A vila Meng de Cangzhou, na província Hebei é o local de nascimento do Oito Extremos e enquanto ele é muito praticado no norte da China, é também encontrado em alguns lugares ao sul. O Estilo-Wu dos Oito Extremos é dito ter uma história de mais de 260 anos. E foi passado por um Senhor Monge viajante à Wu Zhong da vila Meng. O livro dos Segredos da Forma dos Oito Extremos, inclusive, proclama que o Monge foi o criador da Forma dos Oito Extremos e Wu Zhong foi seu primeiro discípulo. Devido à sua excelente perícia com a lança, Wu Zhong ficou conhecido como Wu, Deus da Lança, o número um em luta com lança de Nanjing a Beijing. A Forma dos Oito Extremos é simples e clara. Consiste em movimentos curtos e vigorosos, poderoso e abrupto, e demonstra dureza em ataque e defesa. Cotovelos são frequentemente usados em modos diretos-frontais. O poder explosivo gerado é simulado através da respiração, que é articulada por dois sons de "Heng" e "Ha". Poderosos golpes são desferidos dos cotovelos e ombros em combate a curta distância. "... O que distingue Bajiquan de outros estilos de artes marciais chinesas é a ênfase clara da força abrupta ou explosiva e de geração de energia na maioria dos seus movimentos, em oposição aos movimentos fluidos e ”suavidade“ que são frequentemente associados com a imagem popular de artes marciais chinesas.”.

HISTÓRIA PRÁTICA
Em termos de origem, o consenso mais estabelecido é que Bajiquan é rastreada até Mengcun , cidade Cangzhou, província de Hebei, China; a outra crença é que Bajiquan originou-se do Templo Yueshan na província de Henan. Há também o debate sobre se ou não Bajiquan vem de Shaolin (少林; Shaolin) ou Wudang (武当; wǔdāng), que está em curso e não foi resolvido. Embora não haja nenhuma confirmação de quem o fundador do Bajiquan era, há muito tempo se estabeleceu que o mais antigo praticante conhecido de Bajiquan era Wu Zhong. Nos tempos antigos, o nome do estilo era "Bajiquan" (巴 子 拳; bāziquán ou 鈀 子 拳; bǎziquán), que se traduz em "ancinho punho" (Instrumento agrícola constituído por uma barra ou travessa com dentes ou pontas, presa a um cabo longo, e que se destina a juntar palha, folhas secas, a gradar canteiros etc.); isto se baseia na forma do punho no próprio estilo, que na maioria dos ramos do estilo tradicional, é mantida livremente, e, por conseguinte, semelhante a um ancinho. Sua alternativa, ou melhor, completo e "original" nome, é "Kaimen Bajiquan" (开门 八极拳; kāiménbājíquán, literalmente "abrir as portas / portões Bajiquan"). Os dois primeiros caracteres chineses de 开门 (Kaimen; para abrir as portas / portões) neste nome completo tem um significado análogo, em que o segundo personagem 门 (homens) significa "porta" ou "portão", que na cultura das artes marciais chinesas, refere-se por vez de áreas vulneráveis de ataque ao corpo, dividido pela altura e lateral. Neste contexto, o primeiro 开 caracteres (Kai, literalmente para "abrir") refere-se à abertura dos vários 门, que pode ser traduzido como áreas de "abertura" para atacar. Este conceito evoca o tipo de ideias e estratégias de combate estão envolvidos no âmbito da formação e técnicas Bajiquan. O termo Baji (八极; Baji, Oito Extremos / extensão em todas as direções) em si vem do livro filosófico Chinês de Yijing (易经; Yijing, Clássico / Livro das Mutações) e da filosofia chinesa e filosofia taoista, como Taiji (太极; Taiji , grande final), Wuji (无极; Wuji, extremo vazio) e Bagua (八卦; Bagua, oito trigramas), que também se referem a estilos de artes marciais chinesas.
Na comunidade tradicional de artes marciais chinesas, Bajiquan tem uma reputação estabelecida e respeitada. “Na história chinesa, Bajiquan foi o estilo conhecido e ensinado aos guarda-costas de Pu Yi (o último imperador da China e da dinastia Qing), Mao Zedong e Chiang Kai-shek;”. Isso fez com que Bajiquan ficasse conhecido na mídia popular como o estilo dos guarda-costas, Bajiquan também tem sido destaque em jogos japoneses, como Virtua Fighter e Shenmue, bem no mangá japonês (漫画; quadrinhos japoneses, também o termo para o gênero chinês original "manhua" da literatura) Kenji (拳 児) por Ryuichi Matsuda, que estudou e pratica artes marciais chinesas. Bajiquan parece ter um lugar especial de respeito na mídia popular japonesa, e é traduzida em japonês como "Hakkyokuken."
TREINAMENTO
Recentemente, eu questionei como eu iria comparar Bajiquan ao moderno Wushu Chang Quan (长拳; changquan, Punho Longo - Norte) e Nanquan (南拳; Nanquan, Punho do Sul). E enquanto eu finalmente tinha uma resposta, foi certamente difícil resumir o caráter de Bajiquan simplesmente em termos. Bajiquan certamente não é classificado como um estilo do sul das artes marciais chinesas. No entanto, Bajiquan certamente não é o mesmo que estilos punho longo, ou pelo menos o moderno Wushu Changquan. Muitas pessoas generalizam a imagem das artes marciais chinesas com movimentos fluidos e elaboradamente bonitos quando comparado com outros estilos de artes marciais, que podem ser atribuídos aos estilos changquan. Mas Bajiquan carrega praticamente nenhuma dessas características. Enquanto ali existem movimentos fluidos e ampliados em Bajiquan, é importante compreender que a fluidez e extensão em Bajiquan são diferentes da fluidez e extensão em Changquan e Nanquan, ou qualquer outro estilo de Wushu para esse assunto.
Há também a classificação de Bajiquan como um estilo "externo" (外家; Waijia, literalmente "família externa") ou "interna" (内 家; Neijia, literalmente "família interna") estilo de artes marciais chinesas, onde "externa" refere-se à formação focada em técnicas puramente físicas, e "interno" refere-se à formação de qi (气; Qi, a energia vital), a intenção, espiritualidade, saúde interna. Em uma entrevista com Qi Magazine, Ma Yue, filho do falecido Grande Mestre Ma Xianda, e herdeiro do estilo tradicional Estilo Tongbei Ma (马氏 通 备; Mǎshìtōngbèi, para não ser confundido com o estilo tradicional Wushu 通 背 拳; Tongbeiquan, literalmente "through-the-back (Boxe pelas costas ou Macaco Branco)" sistema de Wushu que inclui Bajiquan em sua formação e treinamentos). Define Bajiquan, dizendo: "Baji ... é interno ... você tem que treinar de modo que a energia vem de dentro para fora de sua pele, para músculos e para os seus ossos. "Assim, não há dúvida de que a prática completa de Bajiquan contém elementos internos. 
No sentido superficial, muitas pessoas parecem associar a prática de formas Bajiquan e performances com a Zhengjiao popular (震 脚; zhènjiǎo, entrar como um furacão / carimbar o pé no chão) técnica. Enquanto este é um atributo distintivo de formas e formação Bajiquan, esta não é a única característica do estilo, nem é a principal característica do Bajiquan. “Para ser mais exato, eu diria que, o que distingue Bajiquan de outros estilos de artes marciais chinesas, é a ênfase clara da força “abrupta” ou explosiva e de geração de energia na maioria dos seus movimentos, em oposição aos movimentos fluidos e “suavidade" que são frequentemente associados com a imagem popular de artes marciais chinesas. Na minha experiência, muitos desses movimentos em formas são frequentemente treinados com, ou em transições em mabu (马步; mǎbù, posição do cavalo).
A formação de Bajiquan, especificamente no sentido de Taolu, é vasta e varia no currículo de estilo para estilo. Solo, formas de mão nuas podem ser divididos em Dajia (大 架; Dajia, literalmente "grande sistema /") e Xiaojia (小 架; xiǎojià, literalmente "pequeno sistema"). Formas Dajia, uma das quais é uma forma de Bajiquan, contém técnicas e movimentos comparativamente maiores e mais simples, e é a partir de onde o Wushu moderno Bajiquan leva seus movimentos, enquanto as formas Xiao Jia apresentam comparativamente menores, técnicas e movimentos mais intrincados. O Tradicional Bajiquan também tem duilian (对 练; duilian, conjuntos de coreografias de luta), que enfatizam as aplicações marciais e ideias de luta de Bajiquan, como kao (靠; Kao, colidindo com várias partes do corpo). Há também a formação de Jingang Bashi (金刚 八 式; Jīngāngbāshì, Guerreiro assistente do Buda oito métodos), que não é tão bem conhecido, mas ainda é uma parte do treinamento Bajiquan tradicional, e é de Shaolin.
Em termos de técnicas específicas, todos os estilos reais de artes marciais chinesas treinam quatro elementos específicos de luta: chutes (踢; tī), perfuração (打; dǎ), desmontes (摔; Shuai), e de luta (拿; ná). Chutes em formas Bajiquan são especificamente baixos e limitados de acordo com o nível da cintura, e não vão acima da cintura. Bajiquan também é conhecido por suas técnicas de cotovelo; talvez a técnica mais conhecida ou a postura de Bajiquan é mabu Dingzhou (马步 顶 肘; mǎbùdǐngzhǒu, posição do cavalo golpe com o cotovelo horizontal). No entanto, há também muitas técnicas de punho em formas Bajiquan, que vão desde socos em linha reta, para balancear ataques de punho como "chicotear" ou golpes de punho de martelo. Além disso, Bajiquan também contém muitas técnicas de mãos abertas, tais como ataques de palma e empurrões. Tal como acontece com todos os outros estilos de artes marciais chinesas; arremeços e desmontes também existem e estão escondidos nas posturas e movimentos em posições dentro de formas. Agarrar e segurar, ou qinna (擒拿; Qinna, agarrar e segurar) técnicas em Bajiquan estão focados principalmente no bloqueio dos pulsos, mãos e ou braços. Tão longe quanto a luta vai, Bajiquan é observado para ser um estilo focado em lutas internas e de perto, uma vez que as técnicas Bajiquan estão focados neste intervalo.
Um fato interessante sobre o Bajiquan é que, historicamente, tem sido combinado e praticado ao lado de Piguazhang (劈挂 掌; pīguàzhǎng, literalmente "picar com a palma suspensa"), atualmente estes dois estilos são principalmente ensinados separadamente. Ao contrário do Bajiquan, Piguazhang se concentra principalmente na fluidez, bem como nas estendidas, os movimentos do braço flexíveis e soltos, e pode ser visto como um complemento para Bajiquan. Há um ditado na cultura chinesa de artes marciais que diz, “八極參劈掛, 神鬼都害怕。  劈掛參八極, 英雄嘆莫及” (“Bājí cān pīguà, shénguǐ dōu hàipà. Pīguà cān bājí, yīngxióng tàn mòjí”), que pode ser traduzido como: "Quando Baji é combinado com Pigua, deuses e demônios têm medo.”. “Quando Pigua é combinado com Baji, heróis suspiram [sendo] incapazes de combinar isso.".
ARMAS
Como um estilo completo, Bajiquan, como muitos outros estilos tradicionais de artes marciais chinesas, também inclui o treinamento e prática de armas. A prática de armas dentro do Bajiquan varia de dao (刀; dāo, sabre / facão) para jian (劍; Jian, espada / espada reta). Mas a arma que é mais conhecida e sublinhada no Bajiquan, é o qiang (枪; qiāng, lança), o que vou destacar aqui.
QIANG (枪; QIĀNG, lança)
É interessante notar que o qiang, de todas as armas, é especialmente enfatizada no Bajiquan. Neste sentido, é semelhante ao Xingyiquan (形意拳; Hsing-I Chuan, literalmente "forma-se o punho" ou boxe da mente e forma e ainda boxe dos cinco elementos), que também enfatiza a qiang no treinamento com armas. Especificamente, Bajiquan em particular treina o Daqiang (大 枪; dàqiāng, grande lança), que é muito maior e mais pesada do que uma qiang com comprimento padrão no moderno Taolu de Wushu. Tal como acontece com a maioria dos métodos de treinamento do qiang chinesa, mesmo em prática da qiang do moderno Taolu de Wushu, os princípios mais fundamentais formados em Daqiang de Baji é o lannazha (拦 拿 扎; lánnázhā, bloquear a cima, para baixo, e empuxo), que é enfatizada em ambas as formas de treino.
VARIAÇÕES
Tal como acontece com muitos estilos de artes marciais chinesas, existem subgrupos, também chamados de "variações" ou "linhagens." Através de todos os ramos de um estilo específico são conceitualmente o mesmo estilo, é importante compreender que existem diferenças inerentes que só se tornam aparentes ao observar ou estudar em profundidade os aspectos únicos de cada estilo específico. Claro, há mais outros estilos do que aqueles que estão listados aqui, mas os estilos mencionados neste escrito são, talvez, os mais reconhecidos e bem conhecidos.
WU (吴; WÚ) Bajiquan estilo.
Talvez o estilo mais famoso de Bajiquan em Mengcun. É este estilo de Bajiquan que foi destaque nos jogos Virtua Fighter da Sega Corporation. O designer de Virtua Fighter, Yu Suzuki, especificamente viajou para Mengcun em pesquisa do Bajiquan, onde se reuniu com Wu Lianzhi. O resultado foi o personagem Virtua Fighter Akira Yuki, cujo estilo de luta é rotulado como "Hakkyokuken." A influência do Bajiquan também se ampliou e é claramente visto em outros trabalhos de Suzuki, Shenmue e sua sequência Shenmue II (o primeiro jogo na série Shenmue dá crédito a um "ator Hakkyoku-ken "). Wu Lianzhi é o detentor da linhagem de Estilo Wu de Bajiquan, e é bem conhecido e respeitado como um dos mestres vivo mais respeitados de Bajiquan.
WU TAN (武 坛; WǓTÁN) Bajiquan.
Não deve ser confundido com Wudang, Wu Tan é uma organização específica das artes marciais chinesas tradicionais estabelecidas em Taiwan pelo falecido Liu Yunqiao, estudante de "Deus da Lança" Li Shuwen. Wu Tan tem muitas ramificações em todo o mundo. Uma característica notável que se verifica no Wu Tan Bajiquan é uma dobragem única no kua (胯; kuà, quadris) em mabu e outras posturas, bem como uma postura superior do corpo "encolhida". Alunos bem conhecidos e respeitados de Liu Yunqiao também incluem Adam Hsu e Tony Yang.
HUO (霍; HUÒ) Bajiquan.
Devido à falta de informação disponível sobre este estilo específico de Bajiquan, eu sei quase nada sobre ele. No entanto, olhando simplesmente para as diferenças visuais, em comparação com outro modelo na superfície, há posições sensivelmente mais elevadas e menores movimentos da parte superior do corpo.
NANJING CENTRAL GUOSHU INSTITUTE (南京中央国术馆;NÁNJĪNGZHŌNGYĀNGGUÓSHÙGUǍN) BAJIQUAN
A Central Guoshu Instituto Nanjing estabelecida pelo então atual governo do Kuomintang da China em 1928, como parte de um movimento para espalhar artes marciais chinesas tradicionais para as massas na China. O Instituto teve vários professores de várias origens. Em particular, o professor, o Sr. Geng, aprendeu com seu mestre (que eu não encontrei o nome), que por sua vez foi aluno do falecido He Fusheng. Como parte de um currículo padrão, esta forma particular de Dajia Bajiquan não tem as minúcias e quadros específicos de outros estilos, mas ainda é Bajiquan entanto.
ESTILO MA TONGBEI BAJIQUAN.
O estilo Ma Tongbei é um sistema muito único de Wushu tradicional que combina os métodos de treinamento e formas de Bajiquan, Piguazhang, Tan Tui (弹腿; tántuǐ, perna de mola), Chuo Jiao (戳 脚; chuōjiǎo, literalmente "pés que picam") e Fanziquan (翻 子 拳; fānziquán, caindo ou "rotação" de punho, literalmente "virando / lançando o punho"). Este estilo de Bajiquan é diferente de qualquer outro. De todos os estilos de Bajiquan, o estilo Ma Tongbei Bajiquan tem os movimentos maiores e mais prolongados e fluidos. Neste sentido, é mais similar na aparência moderna do Wushu Bajiquan, razão pela qual ele pode parecer ser a "estranha" interpretação do Bajiquan. No entanto, o estilo Ma Tongbei é muito mais um sistema legítimo do tradicional Wushu, incluindo a sua prática de Bajiquan, e é, sem dúvida, respeitado como tal na comunidade tradicional de artes marciais chinesas. 八极拳 - Bājíquán - Oito Punhos Extremos. Wu Zhong (Chinês: 吳鍾, pīnyīn: Wú Zhōng, 1712–1802). Esta é a origem antiga do nome do Bajiquan, “Kaimen Bajiquan” (Chinês: 開門八極拳, pīnyīn: Kāimén Bājíquán) ou “Abrir as portas/portões”.
Liang Yi Zhuang é um movimento típico do Bajiquan que tem três similaridades com o ideograma Wú 吳. Esta é uma postura fundamental que forma uma estrutura, ela é diferente de outros estilos. É um bom método de manutenção da saúde, mas qual é a base dessa prática? Na prática, podemos dizer que este tem o efeito de alongamento. Incluindo a cabeça partindo do ponto Baihui (Situa-se no meio do crânio, no topo da cabeça, na intersecção da linha mediana do corpo com a linha que parte do eixo vertical das duas orelhas, ou na linha média, a sete tsun “1 polegar = 1 tsun” acima da linha de inserção dos cabelos da nuca), na verdade, o ponto Baihui simplesmente representa toda a cabeça, ele deve ser puxado para cima. Para os pés, ou seja, o ponto Yongquan (Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé), Yongquan é todo o pé, eles pressionam para baixo, isso equivale a uma auto-alongamento. Ele realmente tem um efeito positivo sobre os músculos e articulações. Atua para liberar tensões e contrações regulares para libertar algumas das pequenas desordens nas juntas. Então zhanzhuang é extremamente benéfico para corrigir as articulações do corpo humano. Treinar todos os dias por 5 minutos vai ajudar a aliviar a fadiga. O ponto crucial é fazer com que a força de forma consciente faça esticar seu corpo 40% acima e 60% para baixo, bem no centro de gravidade. Teoria vórtice do Bajiquan - 八极拳的原理

O velho modelo heliocêntrico do nosso sistema solar, planetas que giram em torno do Sol, não é apenas chato, mas também incorreta. Nosso Sistema Solar se desloca pelo espaço a 70.000km/h.
Agora imagine em vez disso:
O Sol é como um cometa, arrastando os planetas em seu rastro. Você pode dizer "vórtice"? Por que isso é importante?!
Porque "o movimento de rotação" e "movimento de vórtice" são duas coisas completamente diferentes.
Vidas espirais. A vida é vórtice, não apenas rotação. O sistema solar é parte da vida. Pense sobre isso enquanto corre através do espaço. Tamanho, distância e o tempo não estão à escala. É tudo sobre o movimento. Demora cerca de 226 milhões de anos para orbitar o centro galáctico. 
San Kau Bi (Três fechamentos com braços)

Kau Jian (Fechamento com ombros)

Kau Bei (Fechamento com as costas)

Kau Kua (Fechamento com o quadril)

Kau Zhou (Fechamento com cotovelo)


Fundamentals - Dan Cao  


Ba Shi (Jin Gang Ba Shi)


Cheng Chui (撑锤 sustentando o ataque)

Pu Mian Zhang (扑面掌 atacar com a palma)

Xiang Long Shi (降龙 subjugar postura do dragão)

Fu Hu Shi (伏虎 domesticação postura do tigre)

Pi Shan Zhang (劈山掌 divisão palma da montanha)

Tan Ma Zhang (探马掌 palma furtiva)

Hu Bao Chui (虎抱锤 tigre adota o ataque)

Chuan Bao Zhang (圈抱掌 ataque circular palma)

Ba Ding (Jin Gang Ba Ding)


Tao Pu Ding (挑扑顶)

Bei Ding (背顶)

Zhuan Gua Ding (转挂顶)

Bao Tou Ding (抱头顶)

You Kao Ding (滚靠顶)

Fan Ding (翻顶)

Jin Liang Ding (折缰顶)

Shan Ti Ding (闭提顶)


Baji - Xiao Jia (小架 / 八级架子)

Baji - Da Jia (大架 / 八极拳)

Ying Shou Quan (应手拳)

Xing Pi Quan (行劈拳)

Si Lang Kuan (四朗宽)

Mo Mian Quan (抹面拳)/Mian Quan (Piguaquan)

Ba Da Zhao (八大招)


Conjuntos de combate


Baji Liu Zhou Tou ( 六肘头 6 cotovelos

Baji Dui Jie ( 八级对接 Baji configuração apropriada)

Pigua Dui Jie ( 劈挂对接 Pigua configuração apropriada)


Armas


Liuhe Qiang (六合枪 lança das seis harmonias)

Chao Yang Jian (朝阳剑 espada do sol nascente)