Li Baoquan ou Kin Lai (Saudacao das Artes Marciais Chinesas)

Li Baoquan – a reverencia (cumprimento) ao seu Shifu
A imagem da palma da mão e do punho no símbolo Yin-Yang é chamado de "Baoquan Li" em chinês (literalmente: o ritual do punho fechado).

"Li Baoquan" é um ritual educado, uma antiga saudação comum entre os artistas marciais que expressa o respeito para com a pessoa que encontrou. O punho direito está para a força. É colocado no "coração" da palma da mão esquerda. O olhar deve ser reto e com uma expressão de um coração verdadeiro. Ambas as mãos são mantidas em 20-30 cm de distância do corpo.

A "saudação tradicional" do Kung Fu é denominada Kin Lai, devendo ser executada com ambas as mãos, sendo: a direita fechada (representando o Sol) e a esquerda aberta (representando a Lua) por cima da outra mão. O "sol" e a "Lua" formam um novo caractere denominado Ming (明) Significando Clareza ou esclarecimento. Principalmente nas escolas do sul da China, isso denominava que os artistas marciais eram contra a opressão maoista da época.
Esta saudação é feita para indicar respeito e equilibrio para com o oponente.
Usar a inteligência (mão esquerda em palma) é mais eficiente do que usar o punho (mão direita fechada).
Outra saudação utilizada principalmente no Brasil é a palavra Tinindo, no qual a mão esquerda fica aberta com dedo polegar fechado e mão direita fechada, a mão esquerda aberta mescla 4 principios básicos e a humildade (polegar abaixado como uma pessoa se curvando) e a mão fechada significa a força, porque a força sem os 5 príncipios não é nada.

Em todas as culturas do mundo o ato de se cumprimentar faz parte dos costumes sociais de cada povo e existem ainda, dentro dos povos, grupos que se cumprimentam de maneira diferenciada.
No Wushu e na cultura chinesa também não é diferente, os chineses se cumprimentam fechando sua mão direita e cobrindo: a mão esquerda aberta, a uma distância de 20 a 30 centímetros do peito, mais ou menos na altura do queixo, quando a pessoa a quem você cumprimenta é uma autoridade ou uma pessoa mais velha que detém um grande conhecimento ou ainda seu professor deve-se inclinar a cabeça olhando para baixo, um sinal de respeito e humildade!

Existem duas histórias sobre o cumprimento chinês, a primeira delas diz que se cobre a mão que agride em sinal de amizade, respeito ou companheirismo. A segunda história refere-se a dinastia Ming (1368 a 1644 d.C.), época em que a China teve um de seus maiores desenvolvimentos culturais, onde a nobreza para se cumprimentar faziam este gesto que para eles tinha um significado de que a pessoa era instruída, pois obtinham o conhecimento do dia e da noite, fechando um círculo de instrução, a mão direita fechada representava o Sol, que na escrita chinesa é um círculo com um ponto no meio, e representava então, o conhecimento do dia. A mão esquerda cobrindo a direita, fechada em concha representava a Lua, que se representa na escrita chinesa com um "c" e representa o conhecimento da noite, então quando a mão esquerda cobre a direita é um sinal de junção onde a pessoa adquiriu o conhecimento do dia e da noite, então é uma pessoa informada, uma pessoa culta.
Com o surgimento da ópera esse gesto sofreu alterações, pois como o público ficava a uma certa distância do palco não conseguiam interpretar o gesto, então os artistas passaram a fazer o gesto do cumprimento com a mão esquerda aberta com a palma da mão e os dedos estendidos para que todo o público pudesse entender e esta alteração se mantém nas competições até os dias de hoje.

síntese: o cumprimento marcial chinês simboliza que a nossa força é dirigida pela nossa inteligência, que dominamos a arte mas não somos belicosos.